Florianópolis – SC – Brasil Ver mapa
Ilhas da Ilha

Ilhas da Ilha

Ilhas da Ilha

Entre cantos e recantos, há um outro encanto em Florianópolis, suas pequenas ilhas. Com características bem distintas, algumas ilhas destacam-se por suas riquezas naturais. Outras, por preservarem um pouco da história da ocupação humana na região.

Um arquipélago com muitas ilhas.

As ilhas mais importantes para visitação são a de Ratones Grande e Anhatomirim, na Baía Norte e a Ilha do Campeche, um paraíso de águas cristalinas e areias brancas, localizada na parte Sudeste, em frente a praia com o mesmo nome.

No extremo Norte, em mar aberto, no limite entre os municípios de Florianópolis, Governado Celso Ramos e Bombinhas, fica a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. Este pequeno arquipélago é formado por três Ilhas e o Calhau de São Pedro. A Ilha da Galé é considerada um dos pontos mais importantes da costa brasileira para a procriação de fragatas e atobás. A Ilha Deserta também é refúgio de aves e a do Arvoredo é considerada uma das mais belas ilhas de Florianópolis. Essa região, por pertencer à categoria de Reserva Biológica, é fechada à visitação. Entretanto, o mergulho é permitido em área delimitada. A alta diversidade de ambientes marinhos e terrestres existentes na Reserva Biológica Marinha do Arvoredo abriga uma infinidade de espécies, sendo muitas delas raras e ameaçadas de extinção. As ilhas apresentam remanescentes de Mata Atlântica, locais de reprodução para aves marinhas e sítios arqueológicos com sambaquis e inscrições rupestres.

No lado Norte, voltado para o canal que separa a Ilha de Santa Catarina do continente, estão as Ilhas de Anhatomirim e as Ratones (grande e pequena), partes importantes do conjunto de fortalezas militares que protegiam a região no período colonial. Há também pequenas ilhas, como as Ilhas dos Guarás (grande e a pequena), próximas a baía norte.

Já no lado Norte, voltado para o oceano, estão localizadas as ilhas do Francês, entre as praias de Jurerê e Canasvieiras, Mata Fome e Moleques do Norte na praia dos Ingleses . Estas duas não possuem praias, apenas costões, e por isso não são procuradas para passeios. Já a do Francês é muito utilizada pelos proprietários de embarcações particulares para fundear no lado sul, abrigado da corrente oceânica. Em terra, costões de pedra, mata verde e uma pequena enseada com praia fazem parte de seu visual.

Na praia do Santinho, duas ilhas são avistadas: a do Badejo e a das Aranhas, segundo a lenda, um reduto de aracnídeos. Ambas não possuem acesso para desembarque.

Conheça o Românticos Chalés, e desfrute das belas ilhas próximas ao condomínio Ponta das Canas.

 

Solicite sua Reserva

Mande uma mensagem e reserve uma data para a sua estádia.